U2? Bono ganhou mais com ações do Facebook do que em toda a sua carreira musical

Bono Vox - Foto Divulgação
Share

SÃO PAULO – O vocalista do U2, Bono, já escreveu diversas músicas em sua bem-sucedida carreira – também ganhando muito dinheiro a partir da formação do U2. Porém, foi um outro grupo que engordou a conta bancária do cantor e compositor, conforme informa o Independent UK.

Um grupo de investimentos que ele formou há alguns anos garantiu a ele mais dinheiro ao comprar ações do Facebook em 2009 do que em toda a sua história de décadas a frente da banda.

Os relatórios mostram que Bono comprou 2,3% da rede social por cerca de US$ 86 milhões em 2009 e que, hoje, esta fatia valeria US$ 1,5 bilhão. O grupo de investimentos é o Elevation Partners, que Bono criou junto com cinco sócios.

Mas, conforme destaca o jornal, ao contrário de alguns relatos, o investimento não fez dele músico mais rico do mundo; o valor de cerca de US$ 1,4 bilhão será dividido entre os seis sócios fundadores da Elevation Partners. Ele ainda está um pouco atrás de Paul McCartney e Madonna na lista das estrelas mais ricas do universo pop.

Quando o Facebook abriu seu capital em 2012, com as ações cotadas a US$ 38, a Elevation ganhou cerca de US$ 175 milhões. Até agora, os papéis mais que dobraram, fechando na última quinta-feira a US$ 88,15.

De acordo com o jornal, a estimativa é de que o retorno do grupo de investimentos como um todo desde 2009 seja mais que o dobro do que o vocalista e o U2 ganharam em toda a sua carreira. O U2 vendeu mais de 150 milhões de discos e, de acordo com o “Irish Examiner”, a banda acumulou um patrimônio de mais de um US$ 1 bilhão. Com o Facebook, a Elevation Partners teria conseguido US$ 1,5 bilhão em seis anos.

MSN

Share